quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Resgatando a leitura

Quando lemos a bíblia, e aprendemos as maravilhas que Deus fez em toda a história, realmente nos motivamos a viver uma vida de fé. Entretanto algumas vezes pensamentos de incredulidade nos fazem perguntas como:
É possível viver isso?
Ah! isso não aconteceu! Eram pessoas especiais que Deus queria usar naquela época, não é mesmo!?
A resposta é que é possível viver maravilhas hoje, e que o nosso Deus é o mesmo hoje, ontem e eternamente, e ele deseja fazer maravilhas em nossas vidas e através de nós.
Quando leio essas biografias sou motivado a voltar ao evangelho que lemos em Atos dos Apóstolos, e entender que Deus quer fazer maravilhas hoje. Seja uma "carta de Cristo" escrita pelo Espírito a ser lida por todos (2 Co 3, 2-3). Um abraço a todos.

Detalhes do livro:

A história de um jovem selvagem africano que escapou milagrosamente da morte, e acabou conhecendo aquele que o livrou: o Deus vivo e verdade.
Samuel Morris é a prova de que qualquer pessoa pode exercer um ministério transcultural de grande impacto. Seqüestrado na África por uma feroz tribo rival, o jovem Samuel foi miraculosamente liberto e depois guiado pela selva por uma estranha luz até um acampamento de libertadores de escravos, onde ouviu pela primeira vez o evangelho de Jesus Cristo.Numa busca constante de crescimento espiritual, Samuel embarcou como tripulante num veleiro que ia para os Estados Unidos. Lá, Samuel foi instrumento simples e iletrado que Deus usou para despertar cristãos adormecidos e mudar o destino de uma prestigiosa faculdade evangélica, transformando-a em celeiro de missionários.A vida de Samuel Morris é comovente e instrutiva: nela você vai aprender como ser usado por Deus em meio a qualquer classe de pessoas.
Autora: Lindley Baldwin
Categoria: Biografia
Editora Betânia
84 páginas
Preço Médio: R$ 9,80

O som que toca

Música é mais do que um simples som, toca nossa alma, e os sentimentos colocados em uma canção são transmitidos para quem ouve a cada nota, acorde, ritmo, melodia, harmonia, sinfonia. Para quem não ouve, as vibrações dos graves e agudos são sentidas no corpo, mesma sensação que nos faz dançar. Seja como for apenas instrumental ou cantada o som que toca nossa alma, nos leva a engrandecer ao criador por tudo que Ele é, e o desejo de Deus é compartilhar conosco o som de sua voz, que é como o som de muitas águas, mas ele também deseja que expressemos a Ele nossa canção, quem sabe sem muito ritmo, ou não tão harmonioso, mas se expresse, até com palmas, não perca mais tempo, tudo que tem fôlego louve ao Senhor.

Abaixo o vídeo de algumas canções que tocam em minha alma e me fazem querer seguir a Cristo mais fervorosamente a cada dia:


Hillsong United 'One Way'




Único Caminho – Versão feita por Chris Duran com participação de André Valadão

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Uma estratégia diferente

O marketing está aí, utilizando estratégias para vender muito mais de tudo aquilo que o consumidor precisa e deseja, ou que poderia desejar.
Você já deve ter visto aqueles bonecos de profissionais, como dentistas, advogados, secretárias, ou aqueles para músicos tocando guitarra, sax, piano, bateria. Já sentiu vontade de comprar para dar de presente ou mesmo pra você? O que você diria de Jesus praticando esportes? No segmento gospel não é diferente, está aí sua oportunidade. Com o conceito "Jesus está com você em todos os momentos" confira abaixo as opções. Você pode dar um de presente para aquele seu amigo que precisa de Jesus. Se você não gostou da idéia e acha isso uma blasfêmia, é só deixar um comentário, se gostou diga qual desses você gostaria de ganhar. Quem quiser me dar um, pode ser o surfista ou skatista.








Veja as fotos maiores no site: http://www.wearefishermen.com/home.html
Fonte: Istand4him


Confira também os spots da Igreja Bola de Neve, e deixe seu comentário.

Bola de Neve Church - Andando na Água


Bola de Neve Church - Multiplicação dos pães

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Azeitonas que Não Foram Espremidas


Azeitonas que não conheceram a pressão, nunca podem azeite conceder;
Se as uvas escaparem do lagar, o vinho da alegria nunca pode fluir;

Só sendo triturado é que o nardo pode difundir sua fragrância. Recuarei então do sofrimento, ao qual Teu amor induz? Cada golpe que sofro, é verdadeiro ganho para mim; No lugar daquilo que tiras, Tu te das a Ti mesmo a mim.

As cordas do meu coração precisam ser esticadas por Ti, para provar a música Divina? A música mais doce deve vir, do duro tratamento do Teu amor? Senhor, não temo qualquer privação, se eu for atraído a Ti; Quero me entregar em plena rendição, pra ver todo o Teu coração de amor. Estou envergonhado, Senhor, por buscar, guardar sempre a mim mesmo; Embora Teu amor tenha feito seu despojamento, Ainda me senti constrangido por Teu caminho. Senhor, conforme o Teu prazer, Completa Tua obra em mim; Desconsiderando meus sentimentos humanos, Faça apenas o que Te agrada. Se Tua mente e a minha foram diferentes, Segue Teu caminho, Senhor; Se Teu prazer significa minha tristeza, ainda assim meu coração dirá: Sim! É meu profundo desejo Te agradar, Embora eu possa sofrer perdas; Mesmo que Teu prazer e glória signifiquem que eu suporte a Cruz.

Oh, Te louvarei mesmo chorando, Mistura-Te com meu cântico; Tua crescente doçura provoca, louvores de gratidão o dia todo. Tu fizeste a Ti mesmo mais precioso, Do que tudo para mim; Cresça, Tu Senhor, e eu diminua.

Esta é agora minha única súplica.

Autor: Watchman Nee
Obs: Dedico esta postagem a um casal, amigos de coração, Henrique e Eliane, que assumiram sua posição no reino de Deus, e tem dedicado suas vidas em amor a Cristo.

Robôs adoradores

Por Ramon Tessmann
Há algo que Deus tem ministrado profundamente em meu coração nos últimos dias. É impressionante como o povo de Deus sabe tão pouco sobre Ele e têm tão pouca intimidade com Ele. O povo de Deus tem dificuldade para desassociar o conhecimento e a intimidade com Deus das atividades ou reuniões da igreja.

Deus falou isso ao meu coração. Alertou-me. Porque eu estava seguindo neste perigoso caminho robótico, mecânico e frio de permanecer apenas executando as atividades da igreja. Pensava eu que este trabalho todo traria intimidade com Deus. Pensava eu que trabalhando para Ele eu conseguiria ser um amigo mais íntimo.

E fui mais longe. Pensava eu que ficar ouvindo músicas evangélicas o dia todo traria intimidade automática. Achei que tocar e cantar músicas de conteúdo cristão por si só já faria com que eu mergulhasse nas profundezas de Deus. Rompi todos os limites quando pensei que somente indo aos cultos já era o suficiente para que um dia Deus me revelasse coisas inefáveis escondidas em Seu coração.

Com 26 anos de igreja percebi que nada do meu trabalho iria ajudar alguma coisa no meu relacionamento com Ele se eu não me dispusesse a conhecer o coração Dele. Ele é meu Pai, não meu patrão, ora bolas! Não quero ter um relacionamento com Deus de patrão - empregado, e sim de Pai - filho!

Deixe-me ser prático. Ás vezes quando eu chegava em casa de uma reunião na igreja eu pensava: "Ah, não preciso falar com Deus antes de dormir. Estava até agora trabalhando na obra Dele". Quando vamos aprender que trabalhar para Deus não é o mesmo que amar e se relacionar com Deus??? Quando vamos aprender que Deus prefere que falemos com Ele, que o relacionamento vem antes do trabalho?

Então um dia desses resolvi fazer algo diferente. Ao invés de me deitar na cama e ligar a televisão do quarto, meditei na Palavra de Deus. Depois apaguei a luz e comecei a falar com o Espírito Santo. Foi uma experiência incrível sentir que a Presença Dele estava ali. Na verdade Ele sempre está conosco ( Mateus 28:20), nós é que somos insensíveis demais para perceber, ou simplesmente para crer. Ou somos preguiçosos demais para buscar, ou materialistas demais para entender as coisas espirituais. Você pode ser incrédulo como Tomé ou teológico como Nicodemos. O fato é que precisamos detectar os muros que nos impedem de mergulhar na profundidade de Deus. Precisamos quebrar aquilo que nos leva a ser meros robôs evangélicos.
Deus é muito profundo, muito maravilhoso. Mas para descobrirmos a intimidade Dele precisamos buscar, buscar e buscar. Não somente através de rituais, cultos e reuniões. Mas com o coração ardendo em qualquer lugar. Desde aquele quartinho escuro de sua casa, o seu escritório, até a biblioteca de sua escola, são lugares que podem se tornar lugares de adoração ( Jo 4.21).

Não seja um mero robô adorador, que está programado apenas para ir aos cultos ou trabalhar para a igreja. Você foi programado por Deus para ser um adorador espontâneo, solto e livre como um pássaro. E você precisa conhece-Lo não apenas de ouvir falar, mas de com Ele estar. Acredite, conhecer a Deus e Sua intimidade é algo que vale a pena fazer... ( Lc 10.41,42)

Um abração em Cristo Jesus
Ramon Tessmann
Obs: Gostei muito da música Anseio - Baixem no link a baixo:

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Inconformados

Romanos12, 1 Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. 2 E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Ser alguém “inconformado com o mundo” é não estar de acordo com o sistema do mundo, o que significa não aceitar ser moldado por ele, nem ao menos ser conivente ou omisso diante da decadência moral que muitas vezes nos é apresentado. Como servos de Deus, e crentes fiéis em Jesus Cristo, precisamos entender nossa função no corpo de Cristo, que deve exercer um papel transformador nas vidas das pessoas. Quero citar abaixo algumas características de alguém inconformado.

1ª Característica: Dor ao ver a conformidade das pessoas, e desejo ardente de desperta-las.
A primeira característica de um “Inconformado” é a dor pela situação em que o mundo se encontra e a conformidade das pessoas com tal situação. O apóstolo diz a igreja: “Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus.” Essa iniciativa do discurso de Paulo mostra o tamanho da necessidade que tinha em expressar sua repulsa diante da conformidade das pessoas a sua volta.
Rogar, é implorar, pedir “por favor”, um ato de humilhação, de alguém que não tem forças em si mesmo para mudar algo. E quando rogamos a alguém por um favor, é porque essa pessoa tem o poder de fazer algo por nós. O apóstolo vai mais profundamente, ele roga aos irmãos, para que avaliem seu pedido, não por seus próprios conceitos, ou por sua pessoa como se pudessem julgar seu pedido por justo ou não, mas sim pela compaixão de Deus, ou seja, nos dias atuais, digamos que seu pedido seria iniciado pelo termo “Pelo amor de Deus”. O amor de Deus é tão grande que é capaz de se entregar e sofrer juntamente ou até mesmo no lugar de alguém, como fez Jesus Cristo.
Essa necessidade extrema de Paulo, em rogar aos irmãos pela compaixão de Deus tem um objetivo, que eles vivessem dignamente diante de Deus, prestando a Deus um culto racional, um viver diário digno a um Deus que é santo. Esse culto racional deve passar dia-a-dia pela avaliação de nossa consciência diante de Deus, e acontece em três níveis que representam a total entrega de uma pessoa a Deus, corpo, alma, e espírito, pois o sacrifício deve ser vivo santo e agradável.

Sacrifício vivo está relacionado ao corpo, e significa entregar sua vida, vigiar em tudo que é oferecido aos prazeres do seu corpo, o que você olha, ouve, prova, sente, e toca. Seus cinco sentidos devem ser santos, separados para o que é correto diante de Deus, não se suje com o mundo. Toda sujeira do mundo recebida pelo seu corpo vai direto para a sua alma com o intuito de corrompê-la. Essa sujeira não é poeira ou lama, é o que assistimos na TV; a música, as conversas, as palavras que ouvimos e proferimos; o que bebemos e comemos, e o que vestimos. Nosso entretenimento não pode nos afastar da presença de Deus.

Sacrifício santo está relacionado à alma, a maneira como você decide no seu dia-a-dia submeter sua vontade a vontade de Deus. Nossos desejos, paixões, pensamentos, sentimentos, projetos e sonhos, estão na nossa alma, em nossas mentes e coração, e o coração não é o órgão, é o lugar dentro de nossa alma onde guardamos tudo que é de mais precioso para nós. O salmista diz: Guardo a tua palavra no meu coração para não pecar contra ti (Sl 119:11). Tire do seu coração tudo que está te prendendo longe de Deus. Confesse a Deus tudo que tem te feito pecar na sua alma. Mateus 12:34b Porque a boca fala do que está cheio o coração.
Provérbios 3: 3 Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao pescoço; escreve-as na tábua do teu coração 4 e acharás graça e boa compreensão diante de Deus e dos homens. 5 Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. 6 Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.

Sacrifício agradável está relacionado ao espírito, pois Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade (Jo 4:24). 1 Pe: 4 E, chegando-vos para ele, a pedra viva, reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, 5 vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecerdes sacrifícios espirituais, agradáveis a Deus, por Jesus Cristo.

1 Tessalonicenses 5:23 O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

2ª Característica: Mudança de Mente.

Transformai-vos pela renovação do vosso entendimento. Alguém que é “Inconformado com o mundo” não pensa como o mundo (Ef 4:17), não tira vantagem de situações, não busca os próprios interesses (1 Co 13:5 e Jd1:16), não produz contenda e divisões usando de sabedoria animal carnal e diabólica (Tg 3:15).

Para ter a mente renovada em meio a um sistema político, econômico, e moral tão corrompido é preciso avaliar muito bem todas as áreas de nossas vidas, e rever nossas ações e maneira de pensar.

Relacionamentos são destruídos em uma grande guerra dos sexos pelo domínio do casamento, guerras entre pais e filhos têm sido travadas dia-a-dia nos lares, devido a maneira de pensar do mundo. O maridos devem amar suas esposas e elas serem submissas em amor, e ambos serem um, e não um contra o outro. Os filhos devem amar e honrar seus pais, e os pais não provocarem a ira de seus filhos. Devemos ser sujeitos às autoridades e não dever nada a ninguém (Cl 3: 18-23 e Rm 12:7).

Tiago 1: 5 Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.
Tiago 3: 13 Existe entre vocês alguém que seja sábio e inteligente? Pois então que prove isso pelo seu bom comportamento e pelas suas ações, praticadas com humildade e sabedoria.

O Senhor quer nos ensinar a maneira correta de pensarmos, para que nossas atitudes sejam coerentes a nossa fé em Jesus Cristo, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz (Fl 2: 6-8).


3ª Característica: Ter fome e sede por experimentar a plenitude de Deus.

Experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Para experimentar o melhor de Deus, sua plenitude, tudo que é bom agradável e perfeito dEle para nós, é necessário buscar sua presença a cada dia, buscar se humilhar diante dEle, é necessário tomar a atitude de estudar a bíblia, separar tempo em oração, orar sem cessar(1 Ts 5:17) até libertar a alma das imundícias da carne que pelas paixões do mundo se corrompe. Quem realmente deseja experimentar o bom agradável e perfeito de Deus, que é sua plena vontade, seus sonhos para nós, seus planos, realmente O buscará com todas as suas forças, sem reservas.

Salmos 34:8 Oh! Provai e vede que o SENHOR é bom; bem-aventurado o homem que nele se refugia.


Conclusão: Fuja da sujeira do mundo, seja mais um “inconformado”. Se refugie nos braços do Pai sempre que precisar renovar sua mente, e ser transformado.

2 Coríntios 3:18 E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Pra você Deus criou o mal?


Lembrei de um assunto interessante que eu e o Evangelista Bruno tratamos na rádio há um tempo atrás. A questão é: Se Deus criou tudo, Deus também criou o mal?

Concluímos que Deus criou o mal através do seguinte texto:
Isaías 45:7 Eu formo a luz e crio as trevas; eu faço a paz e crio o mal; eu, o SENHOR, faço todas essas coisas.

Agora precisamos entender que mal foi esse que Deus criou. Deus estabeleceu um princípio eterno de bem e mal, e deixou um registro desse princípio no Jardim, a árvore do conhecimento do bem e do mal. Gênesis 2:17 mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.
Fica claro nesse texto que Deus não desejava que o homem experimentasse do conhecimento do bem e do mal, mas não negou o acesso a árvore, estabelecendo uma relação de confiança. Deus não criou um robô ou uma marionete, criou um ser pensante a sua imagem e semelhança, capaz de interagir com Ele, a fim de se relacionarem e serem amigos.

O não conhecimento do bem e do mal reflete na inocência que homem tinha, em não se enxergar nu. A pureza do coração do homem refletia atitudes superiores à beneficência ou a bondade, eram atos diários de pureza simplesmente sincera.

Deus criou o bem e o mal como princípio, mas não criou a maldade do coração do homem, e a capacidade deste fazer e multiplicar sua maldade. Pelo princípio estabelecido Deus disse “não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás”. E o homem tem justamente colhido o resultado do princípio estabelecido por Deus, a morte.

Gênesis 6:3 Então, disse o SENHOR: Não contenderá o meu Espírito para sempre com o homem, porque ele também é carne; porém os seus dias serão cento e vinte anos.
5 Viu o SENHOR que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração;


Cabe agora ao homem detentor do conhecimento do bem e do mal dominar o seu instinto pecaminoso para proceder bem.
Gênesis 4:7 Se procederes bem, não é certo que serás aceito? Se, todavia, procederes mal, eis que o pecado jaz à porta; o seu desejo será contra ti, mas a ti cumpre dominá-lo.

Escolher a vida, é viver sob a bênção de Deus, fazendo o bem, e rejeitando o mal.
Deuteronômio 30:19 Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência.

Apesar do mal que o homem abraçou Deus trouxe a salvação através de Jesus Cristo.
Romanos 6:23 porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.

O texto abaixo relata a discussão ocorrida numa aula do Curso de MBA Executivo Gestão em Serviços da UFPE.

Um professor ateu desafiou seus alunos com esta pergunta:
- Deus fez tudo que existe?
Um estudante respondeu corajosamente:
- Sim, fez!
- Deus fez tudo, mesmo?
- Sim, professor - respondeu o jovem.
O professor replicou:
- Se Deus fez todas as coisas, então Deus fez o mal, pois o mal existe, considerando-se que nossas ações são um reflexo de nós mesmos, então Deus é mau.
O estudante calou-se diante de tal resposta e o professor, feliz, se vangloriava de haver provado uma vez mais que a Fé era um mito.
Outro estudante levantou sua mão e disse:
- Posso lhe fazer uma pergunta, professor?
- Sem dúvida - respondeu o professor.
O jovem ficou de pé e perguntou:
- Professor, o frio existe?
- Mas que pergunta é essa?
Claro que existe, você por acaso nunca sentiu frio?
O rapaz respondeu:
- Na verdade, professor, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que consideramos frio, na realidade é ausência de calor. Todo corpo ou objeto pode ser estudado quando tem ou transmite energia, mas é o calor e não o frio que faz com que tal corpo tenha ou transmita energia.
O zero absoluto é a ausência total e absoluta de calor, todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. Criamos esse termo para descrever como nos sentimos quando nos falta o calor.
- E a escuridão, existe? - continuou o estudante.
O professor respondeu:
- Mas é claro que sim.
O estudante respondeu:
- Novamente o senhor se engana, a escuridão tampouco existe. A escuridão é na verdade a ausência de luz.
Podemos estudar a luz, mas a escuridão não.
O prisma de Newton decompõe a luz branca nas varias cores de que se compõe, com seus diferentes comprimentos de onda. A escuridão não. Um simples raio de luz rasga as trevas e ilumina a superfície que a luz toca. Como se faz para determinar quão escuro está um determinado local do espaço? Apenas com base na quantidade de luz presente nesse local, não é mesmo?
Escuridão é um termo que o homem criou para descrever o que acontece quando não há luz presente.
Finalmente, o jovem estudante perguntou ao professor:
- Diga, professor, o mal existe?
Ele respondeu:
- Claro que existe.
Como eu disse no início da aula, vemos roubos, crimes e violência diariamente em todas as partes do mundo, essas coisas são o mal. Então o estudante respondeu:
- O mal não existe, professor, ou ao menos não existe por si só. O mal é simplesmente a ausência de Deus.
É, como nos casos anteriores, um termo que o homem criou para descrever essa ausência de Deus. Deus não criou o mal. Não é como a Fé ou o Amor, que existem como existe a Luz e o Calor.
O mal resulta de que a humanidade não tenha Deus presente em seus
corações.
" O mal é como o frio que surge quando não há calor, ou a escuridão, que acontece quando não há luz".

João 8:12 Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida.

Últimos Comentários