quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Política x Fé: A guerra de milênios.


Crivella e Paes querem votos 'de fé'.

Estudo mostra divisão entre evangélicos e católicos e prevê distribuição entre bairros.


A reportagem do O Dia on-line trás dados de uma pesquisa que avalia a divisão dos bairros do município do Rio de Janeiro por religião, e afirma que os candidatos favoritos ao segundo turno das eleições para prefeitura da capital do estado, Marcelo Crivella e Eduardo Paes, têm a preferência de evangélicos e católicos respectivamente.

Eduardo Paes segue recebendo aprovação das autoridades católicas para as eleições, recebeu sábado bênção de Dom Eusébio Oscar Scheid, a pedido do Papa Bento XVI.

Marcelo Crivella trás o discurso "Vou governar para todos", tentando afastar a crítica da mídia a Igreja Universal, que têm uma imagem de hostilidade para com as demais religiões.

Fica aqui entre a gente: Têm alguns púlpitos evangélicos recebendo o Eduardo Paes por aí, o que dizer do Marcelo Crivella. Faça sua escolha, mas lembre-se não há apenas dois candidatos, avalie bem em quem você vai votar, "Eu" não fico com nenhum dos dois.

P.S.: Eles só descreveram as verbas de gabinete dos candidatos evangélicos, apesar de terem citado a de outros candidatos.

Veja outra postagem sobre política e religião clicando aqui.


Um abraço,

2 comentários:

Reinam Ribeiro disse...

Depois das eleições o que posso dizer é que "boa parte dos evangélicos não votaram no Crivella".

Lucas Louback disse...

derrota de Crivella

Pois pouco sei a respeito dos antigos candidatos do Rio eu particulamente não votaria no Crivella e provalvemente não votaria no outro candidato citado.

Renan
valew pelo comentario no blog

Últimos Comentários